Destaques

Paulinho do Cinema cobra mais responsabilidade do governo do Estado com a saúde de Cacoal

O vereador Paulinho do Cinema (PSB) fez uma importante cobrança ao governador Marcos Rocha para que o mesmo devolva os funcionários que estão a serviço do estado pois, segundo ele, a folha do município está inchada e o prefeito pagando salário de funcionário que está atuando foram de suas atribuições municipais.

Paulinho diz ressalta que não concorda com essa cedência, pois o Estado tem muito mais arrecadação do que o município e tem condições para gerenciar suas atividades. “Sei que se trata de um contrato de comodato, celebrado ainda na vigência do mandato do prefeito Franco Vialetto, mas sou de opinião de que precisa ser revisto”, afirmou.

Ele disse ainda que para a saúde pública funcionar bem em Cacoal, o município precisa do retorno desses funcionários ou, do contrário, teria de contratar mais pessoal, sobrecarregando ainda mais essa folha de pagamento.

Taxa de resíduos sólidos
Outro assunto debatido pelo vereador, esta semana, em sua manifestação no plenário da Câmara, foi o valor excessivo cobrado de alguns moradores em relação à taxa de resíduos sólidos. Ele citou o caso de um morador que paga 80 reais, valor muitas vezes maior até do que sua conta de água ou esgoto.

PROCURADOR DA CÂMARA
Por fim, Paulinho do Cinema se manifestou sobre a questão de reformulação no quadro de procuradores da Câmara Municipal. Ele disse que é a favor da extinção do cargo de Procurador Geral, contratado sem concurso público, pois isso além de gerar economia, vai propiciar a valorização dos procuradores que são concursados e que sempre foram muito éticos e técnicos em seus pareceres jurídicos, visando sempre orientar os parlamentares para que seus projetos sejam bem fundamentados e consoantes com a legislação brasileira.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo