Operação resgata rondoniense iludida pelo namorado e que foi obrigada a se prostituir em São Paulo

A Polícia Civil de Rondônia, por intermédio do Departamento de Estratégia e Inteligência – DEI, em ação conjunta com a Polícia Civil de Santa Catarina, deflagrou nesta terça feira (4), operação em combate a exploração sexual e cárcere privado no país.

A ação conseguiu libertar uma mulher que era mantida em cárcere privado e obrigada a se prostituir em casa de prostituição em São Paulo.

Segundo as investigações, a mulher foi iludida. Ela saiu de Porto Velho para a capital paulista, a pedido do recém namorado com a promessa de uma vaga de emprego, mas foi mantida em cárcere, proibida de ter livre comunicação com seus familiares e obrigada a se prostituir.

Ela foi localizada em Balneário Camboriú-SC e resgatada por policiais civis daquele estado. O Caso é mantido em sigilo até o final das investigações.

Fonte: rondoniaagora

Imprimir

GOSTARÍAMOS DE OUVIR SUA OPINIÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui