Mulher é presa no Mato Grosso com ouro que traria para Rondônia

Uma mulher de 38 anos foi flagrada por uma equipe da Polícia Rodiviária Federal (PRF) transportando quase 1 quilo de ouro ilegalmente, pois o minério não tinha procedência declarada, nem autorização para ser extraído e muito menos levado para outra localidade. O caso foi registrado no município de Rondonópolis a (212 km de Cuiabá), em Mato Grosso, na tarde de ontem (sexta-feira, 28).

De acordo com a PRF, equipes faziam patrulhamento na BR-364 e deram ordem de parada para um ônibus de transporte interestadual que saiu de Aripuanã (1.002 km de Cuiabá) com destino ao Distrito Federal, em Brasília.

A abordagem foi realizada na altura do quilômetro 211 da rodovia federal, um procedimento rotineiro, mas a passageira apresentou nervosismo, o que despertou a atenção dos agentes para a possibilidade de ela estar transportando alguma coisa de forma ilegal.

Em conversa com os policiais, ela disse que tinha ouro embalado em saco plástico escondido dentro de um pote de condicionador na sua bagagem. Contou ainda que que pegou o minério (960 gramas) em Cacoal, em Rondônia e que iria levá-lo até Goiânia (GO), onde receberia uma quantia pelo transporte. Esse valor não foi divulgado pela PRF.

Diante da situação, a passageira foi detida sob acusação do crime de usurpação de bem ou matéria-prima da União e executar lavra ou extração de recursos minerais sem autorização. Ela foi encaminhada à Polícia Federal de Rondonópolis para ser ouvida e para adoção das medidas cabíveis.

Imprimir

GOSTARÍAMOS DE OUVIR SUA OPINIÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui