Geral

Confúcio Moura afirma que chegou a hora do Congresso Nacional mostrar o seu poder e a sua influência e ajudar o Brasil a obter vacinas

Nesta segunda-feira (22), em uma “live” de suas redes sociais, após audiência pública da Comissão Temporária da Covid (CTCovid-19) que debateu com a presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, senadora Kátia Abreu (PP-TO), a oferta de vacinas contra a Covid-19 no âmbito internacional, o senador Confúcio Moura (MDB-RO), afirmou que o objetivo da comissão é trabalhar para que o Brasil priorize com urgência a aquisição de mais vacinas.

Confúcio Moura disse que a senadora Kátia Abreu tem feito um excelente trabalho diplomático com vários países do mundo e argumentou que o Brasil precisa, num curto prazo, de 100 milhões de doses extras de vacinas, exceto as que o país já está recebendo, que são em torno de 38 a 40 milhões”, explicou.

Para Confúcio Moura, com 100 milhões de doses a mais, o Brasil poderá obter um resultado positivo na redução da doença, das internações e das liberações nas UTIs, e consequentemente da redução de mortes. “A senadora Kátia já solicitou para vários países produtores de vacina como a Inglaterra, Alemanha, Índia, China e a Rússia a venda dos seus estoques de reserva para o Brasil”, disse.

O parlamentar que é presidente da CTCovid-19, explicou ainda que nesse último fim de semana esteve em contato com o Ministério da Saúde, e junto com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) propuseram também a importação do kit intubação, medicamentos e insumos necessários para sedação de pacientes internados em UTIs.

Segundo o senador, há hoje um grito por parte de prefeitos e governadores, porque os estoques do kit intubação estão no final. “Sem esses remédios a mortalidade em UTIs deve aumentar muito. Hoje a mortalidade de idosos em UTIs e intubados já chega 80%, e é muito maior que a média internacional que é de 50%, e sem os medicamentos relaxantes, a mortalidade deve subir. Será inútil internar pacientes intubados”, advertiu.

Insumos

Confúcio Moura lembrou que está faltando oxigênio, kit intubação e outros itens necessários em muitas cidades e estados, e que o Ministério da Saúde assumiu o compromisso com ele de que está importando esses produtos.

De acordo com o parlamentar, os preços dos insumos foram à estratosfera e que governadores e prefeitos estão com muito medo do sobre preço. “Pode acontecer processos administrativos por improbidade, e aí ninguém quer ser processado por isso. Então há uma necessidade de um registro de preço nacional pelo Ministério da Saúde de tal forma, não é o tabelamento, é o preço basal que a indústria coloque, que oriente o preço no Brasil inteiro, é o que nós estamos propondo, e o Ministério acatou, eu espero que isso aconteça nos próximos dias” explicou.

Confúcio Moura lamentou que a situação da Covid está deixando todos extremamente preocupados. “Eu vi, com a morte do Major Olímpio, o choro de alguns companheiros dizendo que se sentem impotentes em não poder ajudar o povo brasileiro. Mas chegou a hora de o Senado e a Câmara dos Deputados mostrarem o seu poder e a sua influência no sentido de que nós possamos puxar esse papel importante de ajudar o Presidente, ajudar o Ministério da Saúde a ter condições de, o mais rapidamente possível, ter vacinas à disposição do povo brasileiro”, concluiu.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo