Geral

Câmara aprova campanha para doação de medula óssea em Vilhena

A Câmara de Vereadores de Vilhena aprovou o Projeto de Lei 5.672/2019, que institui a semana municipal de mobilização e incentivo à doação de medula óssea. A votação aconteceu durante a 5ª sessão ordinária da Casa, na manhã desta terça-feira (9).

O projeto, de autoria do vereador Wilson Tabalipa (PV), se baseia na Lei Federal 11.930/2009, conhecida como Lei Pietro, que instituiu a “semana de mobilização nacional para doação de medula óssea”. Pietro, de 19 anos, tinha leucemia e faleceu aguardando a doação de medula óssea.

Segundo o vereador, pesquisas apontam que, a cada ano, surgem mais de 10 mil casos de leucemia, enquanto o número de doadores cadastrados é muito menor. Dessa forma, a campanha municipal visa dar visibilidade a essa demanda, bem como incentivar as pessoas a serem doadoras de medula. Assim, mais pessoas poderão ser salvas.

A semana municipal de mobilização e incentivo à doação de medula óssea deve acontecer anualmente, na terceira semana do mês de setembro. O projeto foi aprovado por unanimidade e segue para sanção do Poder Executivo.

Em Vilhena, o cadastro para doação de medula óssea é realizado no hemocentro, localizado na Avenida Jô Sato (BR-174), ao lado do Hospital Regional. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h. Na terça, quarta e quinta, o atendimento acontece das 7h às 18h.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo