Associação Cultural WARAJI realiza festivais de música e teatro em Guajará Mirim

GUAJARÁ MIRIM – A Associação Cultural Waraji sediada em Guajará Mirim, graças a Lei Aldir Blanc, vai realizar no mês de março deste ano, dois Festivais.

O primeiro Festival que vai acontecer entre os dias 10 e 14 de março, será o II Manaflor – Festival de Música e Arte na Floresta”.

O Manaflor é uma mostra da produção de ações do segmento de música, que busca contemplar artistas nacionais e internacionais, permitindo assim a difusão da produção artística na fronteira entre Brasil e Bolívia. O Festival não possui caráter competitivo e terá a duração de 05 dias, com apresentações online.

FESTINAÇU

O segundo é será o Festival Internacional de Teatro de Guajará Mirim – Festinaçu que vai acontecer entre os dias 24 e 28 de março

O Festival Internacional de Teatro de Guajará-Mirim, o FESTINAÇU, é uma produção e realização da Associação Cultural Waraji e acontece ininterruptamente desde 2011 na cidade fronteiriça de Guajará-Mirim. É o único festival cênico com característica internacional em Rondônia, fomentando encontros, pensando a partilha de pensamentos e provocações de bagagens para além das fronteiras imaginárias. Busca, principalmente, fortalecer a importância dos trabalhos artísticos no interior do Estado.

Com seu ineditismo, busca, também, amparar um déficit no processo de formação em artes cênicas na cidade de Guajará-Mirim e região.

O festival tem promovido, até agora, o intercâmbio entre a América do Sul, América do Norte, África e Europa, sendo um evento anual

que, para além da vertente de espetáculos, promove paralelamente oficinas, exposições artísticas, residências artísticas, fóruns, encontros, debates e shows musicais. Teve a sua primeira edição em 2011 e, em 2012, internacionaliza-se.

Sobre

Desde 2010, a Associação Cultural WARAJI (ACW) atua na fronteira Guajará-Mirim-Guayaramerín (Brasil-Bolívia) e também faz parte de uma rede de artistas, produtores, mestres populares e coletivos culturais que atuam nas fronteiras do Brasil com os demais países da América do Sul: o movimento Fronteras Culturales. A nossa missão é difundir a cultura da fronteira para além do continente, por meio da difusão de diversas expressões e linguagens artístico-culturais, agregar valor às iniciativas existentes, de forma sustentável. Enquanto organização cultural, busca captar recursos indispensáveis à prossecução dos seus objetivos de promoção social, econômica e cultural. Mantemos um convênio com a Escola MANAFLOR, um espaço de cursos, oficinas e vivências artísticas e culturais.

A ACW é realizadora desde 2011 do FESTINAÇU – Festival Internacional de Teatro de Guajará-Mirim – que completou 10 anos em 2020 – único festival com característica internacional do Estado de Rondônia, gerando em Guajará-Mirim um circuito de espetáculos da Bolívia, Cabo Verde, Portugal, Bélgica e México, contando também com grupos brasileiros de Rondônia, Acre, Amazonas, São Paulo e Paraná, um Fórum de Teatro da Fronteira, oficinas, residência artística, shows musicais e exposições.

 

 

 

Por Silvio Santos

Imprimir

GOSTARÍAMOS DE OUVIR SUA OPINIÃO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui