Geral

Após cobrança do Vereador Professor Hermes, SEMSAU responde cobranças de esclarecimentos sobre óbitos por Covid-19 em Espigão do Oeste

Depois de um crescimento repentino de mortes causadas pela pandemia da Covid-19 em Espigão do Oeste, muitas pessoas começaram a questionar sobre os números divulgados. Pessoas chegaram a afirmar que poderiam estar havendo  a inclusão de pessoas que estavam indo a óbito por outras causas como sendo de Covid-19.

Diante de tal informação o gabinete do Vereador Professor Hermes passou a acompanhar de perto os números divulgados e, como não podem ser revelados os nomes das vítimas, solicitou relação completa dos óbitos ocorridos de pessoas do município, vitimadas pelo vírus SARS-CoV-2, contendo data de testagem positivo e data de óbito e local do óbito.

Na última semana, o Prefeito Weliton Campos respondeu o Requerimento nº001/2021CMEO  do vereador, através do Ofício nº317/GP/2021 de 17 de março, com relatório completo das informações solicitadas, sendo incluídas apenas as iniciais das vítimas.

Até a data de emissão do documento o boletim diário apontava 26 óbitos no boletim, sendo constatado todos pelo relatório, sem gerar qualquer dúvida ao trabalho desenvolvido pela equipe da Secretaria de Saúde. Além do mais, foram apontados ainda dois óbitos que chegaram a ser divulgados pelo Estado, porém as vítimas estavam em nosso município quando contraíram a doença, mas tinham outras cidades e até estado como residência.

Vale ressaltar que a equipe do gabinete do Vereador Professor Hermes estará cobrando atitudes da Secretaria de Saúde por soluções em busca de amenizar a situação caótica do Coronavírus em Espigão do Oeste, inclusive a distribuição de Ivermectina como tratamento precoce, que funcionam em outras cidades do país, tendo Porto Feliz-SP como exemplo.

Em diligencia realizada pelo Vereador Professor Hermes na manhã desta segunda-feira(22) na SEMSAU, obteve a informação que as equipes dos postos de saúde estão realizando levantamento para que seja feita a distribuição do medicamento no município.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo