Destaques

Glaucione deve concorrer à reeleição, apesar da deslealdade de alguns que lhe demonstravam apoio incondicional




A prefeita de Cacoal, Glaucione Rodrigues, presa pela Polícia Federal na última sexta-feira (25), sob acusação de ter participado de um esquema de recebimento de propina, vem sofrendo pressão de algumas lideranças da coalizão partidária que lançaram sua candidatura à reeleição durante as convenções realizadas entre os dias 13 a 16 de setembro.

Pessoas próximas a prefeita, que ao contrário desses dirigentes continuam leais a ela, confirmaram para nossa redação que o assédio é tanto que a todo o momento um ou outro dirigente, representando o grupo, tem se dirigido até a cidade de Ji-Paraná tentando convence- lá a abrir mão de sua candidatura.

Uma dessas pessoas aliada à prefeita, que pediu anonimato, afirmou que a prefeita tem se mantido firme em seu propósito de continuar na disputa, pois não foi julgada e nem condenada, e diz que tem condições de mostrar à população que apesar das imagens que foram mostradas, os fatos não condizem com a verdade do que foi apresentado pelo empresário denunciante e aqueles que estão tripudiando sobre sua situação.

“O empresário que gravou essas imagens está vazando para a mídia e distribuindo nas redes sociais apenas parte das filmagens e induzindo as pessoas a comprarem a narrativa de que a prefeita participou de um esquema de recebimento de propina, mas a prefeita no momento oportuno trará a sua versão dos fatos, explicando o que realmente houve e deixando claro que foi vítima de um plano muito bem articulado que visava desmoralizá-la politicamente”, disse essa pessoa.

De acordo essa pessoa, o grupo de aliados leais à prefeita se mantém firme e está defendendo a inocência da prefeita nesse momento em que ela enfrenta um verdadeiro calvário. De um lado, as acusações do empresário que foram levadas à justiça, o que levou à prisão provisória para apuração das denúncias, e de outro lado, os oportunistas que agora passam a atacá-la.

“Essas pessoas que estavam coladas à prefeita aproveitando-se do seu protagonismo por ter feito uma administração transparente, exitosa e que transformou Cacoal, agora com esse revés que ela está sofrendo por conta dessas gravações meticulosamente divulgadas, juntam-se aos seus algozes com o único objetivo de conseguirem apoio dos eleitores que estão atordoados frente a tantas informações negativas”, afirmou.

“Glaucione não deve jogar a toalha. Ela merece o aval da população para explicar-se e disputar a reeleição. Seus advogados estão trabalhando para que ela reassuma o mais breve possível a prefeitura de Cacoal. Não podemos nos esquecer de que ela fez em menos de quatro anos mais do que todos os seus antecessores, inclusive daqueles que administraram a cidade por dois mandatos consecutivos”, concluiu.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar