Geral

Centro de Tratamento Resgatando Vidas representa esperança aos familiares de dependentes químicos

O Centro de Tratamento Resgatando vidas vem se destacando pelo atendimento de excelência que oferece a pessoas que tem procurado internar parentes e amigos que sofrem com alguma dependência química, especialmente viciados em craque e cocaína, que precisam de uma clínica especializada e que esteja preparada para lidar com esse problema que tem afetado a sociedade brasileira. Sediada em Pontes e Lacerda (MT), o referido Centro de Tratamento atende pessoas de todo o Brasil, com uma clientela maior proveniente do centro-oeste e norte do país.

O que torna o atendimento dessa instituição tão especial é a dedicação de todos os seus profissionais, corpo técnico e diretivo, que tem olhado a questão sob o ponto de vista humano e procurando dar aos pacientes todo o amparo psicológico e espiritual, assegurando-lhes um atendimento digno, ético e de comprometimento com a sua cura interior e exterior.

Sob a direção de Allan Patrick de Queiroz, o Centro de Tratamento tem se empenhado para prover atendimento clínico que atenda às necessidades de quem tanto precisa livrar-se dos vícios que tem destruído inúmeras famílias no Brasil e no mundo. O tratamento provido pela clínica, leva em conta a vulnerabilidade de seus pacientes e o sofrimento de seus familiares e por esta razão, tem propiciado métodos eficientes de tratamento, focando no bem estar físico e emocional de seus pacientes.

Allan Patrick de Queiroz (Diretor-Geral), esquerda e Ricardo Silva Santos Neto (Coordenador), à direita

O diretor da Clínica, Allan Patrick, convidou o pastor Ricardo Silva Santos Neto para que fosse responsável pela coordenação, e buscou agregar ao quadro da instituição valiosos profissionais na área de saúde, os quais formam uma equipe exitosa na missão de criar todas as condições necessárias para a recuperação antidrogas.

Kátia B. D. Queiroz, esposa do diretor Allan Patrick, é a responsável pelo setor financeiro da clínica e tem sido o seu braço direito na busca pelo equilíbrio das finanças, o que é tão necessário para que a entidade continue em pleno funcionamento e atendendo a todo o seu público.

A equipe de profissionais é formada por Terezinha Aparecida Nunes da Cunha (especialista em saúde mental), pela psicóloga Andressa Adriano Salgueiro, farmacêutica Giselle da Cunha Vilella e a enfermeira Sabrina Duarte da Silva. Além desses profissionais de saúde que foram citados, o Centro conta com palestras do NA (Narcóticos Anônimos), AA (Alcoólicos Anônimos), instrutor de esportes e atendimento espiritual que são feitos constantemente por clérigos e líderes religiosos, que atendem no recinto.

PARCERIAS
O Centro de Tratamento Resgatando Vidas está aberto a parcerias com entes de governos, como prefeituras e governos estaduais da região, que possam somar esforços nessa tarefa gigantesca e humanística de resgatar vidas.

Uma clínica, com toda essa gama de serviços prestados à comunidade, depende de um aporte de recursos e toda a contribuição de entidades privadas e públicas são essenciais pela continuidade dos serviços.

De acordo com Allan Patrick, hoje a clínica se tornou uma referência no acolhimento a vítimas da dependência química e esse protagonismo é alcançado pelo trabalho qualificado e dedicado de seus profissionais, mas também em razão de todos os que, solidários com a entidade, também se propõem a celebrar parceria com esse projeto tão essencial na recuperação de vidas e a reinserção dessas pessoas novamente ao convívio familiar e social.

CONTATO COM A CLÍNICA

Tanto quem precisa de atendimento, quanto os órgãos de governo que precisam de entrar em contato com o Centro de Tratamento Resgatando Vidas podem entrar em contato pelo whatsapp (65) 9 9669-6025, telefone (65) 9 9679-8367. A clínica disponibiliza ainda o e-mail [email protected] e um canal no Instagram @tratamentorestandovidas

A Clínica está localizada na BR 174-Bm KM 10,5 (Frente ao Aeroporto) – Pontes e Lacerda (MT).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar