Política

‘Vergonhoso é ser filmado roubando’, se defende candidato a prefeito que fez live involuntária enquanto usava o sanitário (vídeo)




“Feio é ser filmado roubando. Mas eu, apenas por inexperiência com a tecnologia, acabei fazendo um vídeo sem querer”, se defende o candidato a prefeito de Cabixi, no extremo sul de Rondônia e na divisa com o Mato Grosso, enfermeiro Adilson Fagundes, que teve um vídeo involuntário vazado às redes sociais. Candidato a prefeito da pequena cidade, Adilson que disputa a eleição pelo Patriotas, cometeu um descuido ao manusear um celular novo e acabou tendo um vídeo feito involuntariamente enquanto ele usava o sanitário vazado e que viralizou em todo o país esta semana. A live feita por ele, sem querer, acabou sendo publicada no Facebook e o vídeo está percorrendo todo o país, além de circular incessantemente em grupos no WhatsApp.

Diante da repercussão do material nas redes sociais, a reportagem do site Folha do Sul on Line ligou para o profissional de Saúde pioneiro em Cabixi, que vai disputar a prefeitura com chapa “puro sangue”, tendo como candidato a vice o servidor municipal Miguel Ferreira.

Fagundes explicou que, na tarde de sexta-feira, 18, estava em casa com um amigo, tentando produzir um vídeo de campanha. Ao receber o celular, foi para tomar um banho, já que pretendia, mais tarde, produzir o material de divulgação.

Sem saber que o aparelho estava ligado, o candidato gravou a si mesmo, sentado no vaso sanitário e sem camisa. O descuido só foi percebido quando amigos começaram a ligar avisando. Adilson apagou a postagem no Facebook.

Veja o vídeo:

Ao site, o postulante à prefeitura admitiu o episódio, provocado pela falta de experiência em lidar com a tecnologia. Mas ressalvou: o descuido não depõe contra o seu caráter, e ele garante que mantém a mesma disposição para tentar ser prefeito de Cabixi. “Não me preocupo com os adversários que estão divulgando as imagens. Feio seria se eu fosse filmado roubando, coisa que jamais faria na minha vida”.

Fonte: Folha do sul on Line

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar