Semana Internacional do Café tem nove representantes de Rondônia, destaca deputado Cirone Deiró

Entre os 30 finalistas, Rondônia tem nove cafeicultores classificados no concurso Coffe of Year 2019, realizado entre os dias 20 e 22 como parte da programação da Semana Internacional do Café que acontece em Belo Horizonte, Minas Gerais. “Os produtores rondonienses têm se esforçado na busca pela qualidade e pelo aumento da produtividade do grão”, afirmou o presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia, deputado Cirone Deiró, ao destacar que a cafeicultura rondoniense teve um crescimento de cerca de 20%, em uma área cultivada 24% menor do que a usada nas colheitas anteriores.

Cirone atribui o destaque dos cafeicultores rondonienses no maior concurso para eleger o melhor café arábica e canéfora do Brasil ao trabalho dedicado a qualidade e aumento da produtividade da safra. Cirone reconheceu a atuação dos técnicos da Embrapa, da Emater, e das prefeituras que se dedicam a assistência técnica, além do apoio do Governo, da Assembleia Legislativa, mas, especialmente ao comprometimento dos cafeicultores que compreenderam o novo momento da produção de café no Brasil.  Segundo ele, a presença de nove representantes da cafeicultura rondoniense na Semana Internacional do Café, realizada, em Belo Horizonte é uma comprovação dos avanços que a nossa cafeicultura tem alcançado.

De acordo com o parlamentar, dados divulgados pela Embrapa indicam que a produção do grão saiu de 20 sacas de 60 quilos por hectare plantadas para uma média de 30 sacas na safra deste ano. “Iniciado em 2010, o processo de renovação das lavouras cafeeiras, está presente em todos os municípios e distritos do estado. Hoje, caminhamos a passos largos para ser destaque em nível nacional na qualidade e produção de café que atende aos mais exigentes consumidores”, afirmou.

Cirone Deiró chamou a atenção para a adesão dos povos indígenas das Terras Sete de Setembro e Rio Branco para a atividade cafeeira. Ele destacou a realização do Concurso Tribos, idealizado pelo Grupo 3 Corações. Segundo o parlamentar, a determinação dos indígenas associada ao clima e ao ambiente da floresta produziu um grão de excelência que traz um novo modelo de produção para a cafeicultura. “A conjugação do uso sustentável da floresta, associada às técnicas de manejo e cultivo do grão tem como resultado um café com sabor diferenciado com a marca da Amazônia”, destacou.

Durante a Semana Internacional do Café, Cirone Deiró saudou os cafeicultores rondonienses que participam do evento, Alex Marques da Silva do município de Alto Alegre dos Parecis, Elivelton Bonfante, Nova Brasilândia do Oeste, Leandro Dias Martins, do município de Rolim de Moura, Poliana Perrut de Lima, Novo Horizonte, Rozeli Joventina da Silva, São Miguel do Guaporé, Nilton Marques de Lima, do município de Alto Alegre dos Parecis. Além dos cacoalenses, Dione Mendes Bento, Ronaldo da Silva Bento e Wilson Nakodah Suruí de Cacoal.

Desde 2012, o concurso e a premiação Coffee of the Year (COY) elege os melhores cafés arábica e canéfora do Brasil por meio de voto popular e da avaliação profissional de juízes nacionais. Reunir os melhores cafés do Brasil e eleger os grandes destaques do ano, incentivando assim o desenvolvimento e aprimoramento da produção nacional e a divulgação de novas origens do café são alguns dos objetivos do Coffee of the Year (COY).

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA