Confúcio Moura defende regularização e crédito para pequenos agricultores

O senador Confúcio Moura (MDB-RO) elogiou nesta segunda-feira (17), em Plenário, a Medida Provisória (MP) 910/2019, sobre regularização fundiária. Mas ele também ressaltou que é necessário oferecer crédito aos pequenos agricultores. O senador citou a estimativa de que haja 70 mil propriedades sem documento em Rondônia, embora ele mesmo tenha observado que é difícil citar um número exato.

O parlamentar argumenta que é absurdo entregar terras a uma família e depois deixá-la ao abandono. Portanto, afirma ele, é preciso “abrir as portas” dos bancos oficiais para esses agricultores, que são conhecidos pela seriedade no cumprimento dos seus compromissos.

— Todo mundo sabe que pobre paga a conta, porque, como se diz, tem muita vergonha na cara de ser cobrado — declarou.

Segundo Confúcio Moura, 70% da produção nacional de feijão e 34% da de arroz vêm da agricultura familiar, assim como 60% no caso do leite, 59% do rebanho suíno e 50% no caso das aves. Ele acrescentou que 90% dos pequenos municípios brasileiros, aqueles com menos de 20 mil habitantes, dependem da renda dos agricultores familiares.

O senador também disse ter certeza de que, se os pequenos proprietários de Rondônia tiverem suas terras legalizadas, recebendo documentação, escritura e título, a riqueza do estado “vai dobrar em cinco anos”.

Fonte: Agência Senado

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA