Destaques

Covid: Medidas preventivas mantêm funcionamento do comércio, em Cacoal

Portaria do governo do estado havia retroagido Cacoal a fase dois, em que determinava a restrição do funcionamento do comércio. A prefeita Glaucione Rodrigues recorreu da decisão e agora, o município está na fase três, com 90% da atividade econômica normalizada.

Com 88% de pacientes da Covid-19 curados, novo decreto do governo reclassificou o município de Cacoal na fase três, em relação às medidas restritivas para as atividades econômicas e comerciais. De acordo com o novo decreto do governo, cerca de 90% das atividades econômicas no município de Cacoal estão liberadas. As restrições continuam apenas para casas de shows, bares, cinemas, tetros, balneários e clubes recreativos. Além de outros eventos que reúnam mais de 10 pessoas, e ainda a proibição do funcionamento de cursos profissionalizantes e capacitação em instituições públicas.

As medidas de prevenção e tratamento precoce da Covid, adotadas pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde, associada as demais ações preventivas lideradas pela prefeita Glaucione Rodrigues com a adesão do setor empresarial e da população foram determinantes para a retomada da atividade econômica no município. “O resultado da manutenção das atividades empresariais, industriais e aquelas ligadas ao setor produtivo é resultado da conjugação de esforços de todos que reconheceram a necessidade dessa união para assegurar os empregos e manter a economia do município funcionando”, afirmou.

Mesmo reconhecendo o importante apoio dos empresários e da população, que desde o início compreenderam a gravidade da situação e atenderam as orientações em relação às medidas restritivas e a necessidade do uso de álcool gel e máscaras, a prefeita Glaucione Rodrigues reconhece que é preciso manter o mesmo nível de comprometimento. Segundo a chefe do executivo municipal, enquanto não tiver a disposição da população uma vacina para combater o vírus, será necessário continuar com todas as medidas de segurança. “E sempre que possível, ficar em casa, se for sair use máscaras”, alerta a prefeita.

Glaucione Rodrigues, alerta ainda que além das recomendações das autoridades de saúde em relação aos cuidados e proteção pessoal e com o próximo, as pessoas devem procurar a unidade de saúde, se tiver qualquer sintoma relacionado a Covid. “Mantendo o atendimento precoce, estaremos prevenindo os internamentos e consequentemente o uso de uma UTI e a superlotação dos hospitais”, explicou a prefeita, que desde o início da pandemia tem se empenhado para conscientizar as pessoas em relação as medidas de proteção e as providências que devem ser adotadas já nos primeiros sintomas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar