Prefeitura acata recomendação do Ministério Público para fechamento do comércio em Cacoal

Na manhã desta terça-feira (7), a prefeita Glaucione Rodrigues, esteve em reunião com representantes de entidades do comércio e com o Deputado Estadual Cirone, e após todos terem acesso ao documento enviado pelo Ministério Público/RO, com unanimidade decidiram acatar a recomendação que solicita a REVOGAÇÃO do  Decreto Municipal Nº 7607/PMC/2020 de 5 de Abril de 2020, assim seguindo o Decreto Estadual Nº 24.919, que autoriza somente a partir do 12 de Abril, a abertura do comércio de Cacoal.

Mesmo com a garantia de que as entidades solicitantes, iriam ajudar na fiscalização dos estabelecimentos comerciais, para que fossem seguidos as determinações de segurança para clientes e funcionários, o Ministério Público, entende que somente as atividades essenciais continuem liberadas, de forma de não colocar em risco os protocolos clínicos de combate e prevenção ao CORONAVÍRUS- COVID 19.

O presidente da Associação Comercial e Industrial de Cacoal (ACIC), Ezequias Braz Neto agradeceu a prefeita Glaucione e o deputado Cirone pela iniciativa de ouvir o setor empresarial para juntos discutir as medidas necessárias a retomada da normalidade das atividades econômicas no município. Segundo ele, os empresários estão conscientes de que as medidas para o enfrentamento do COVID-19 passam a partir de agora, a fazer parte da rotina das empresas. “Nosso compromisso continua sendo o bem estar da coletividade, por isso, agradecemos a iniciativa da prefeita, mas concordamos em acatar com a recomendação do Ministério Público”, reconheceu.

Além do presidente da ACIC, estiveram presentes o presidente da Federação das Indústrias de Comércio de Rondônia -FIERO, Osvaldo Rosalino,  presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Cacoal- CDL,  Adeuvaldo Gomes de Brito, o presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Cacoal, Tiago Brollo, Presidente da OAB subseção Cacoal, Diogenes Nunes de Almeida Neto, o secretário da Secretaria Municipal da Indústria, Comércio e Turismo, Elias Nunes, além do Procurador Municipal Caio Veche.

      

 

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA