Polícia

Há malas que vão para Belém! Duas moradores da capital paraense presas com 13 kg de cocaína em malas de fundo falso




Há males que vêm para o bem e há malas que vão (iriam) para Belém. As técnicas de investigação e abordagem desenvolvida pela Polícia para encontrar drogas ocultas nos mais diversos meios utilizados pelos traficantes foi fundamental para que agentes do Departamento de Narcóticos (Denarc) da Polícia Civil de Rondônia apreendesse 13 quilos de cocaína em blitz na BR-425, em Nova Mamoré, na madrugada deste domingo. A outra colaboração mais importante no combate ao crime é a participação da sociedade, denunciando os criminosos.

Os policiais faziam monitoramento na área de fronteira quando abordaram um ônibus que saiu de Guajará-Mirim com destino a Porto Velho. Ao conversar com os passageiros, os agentes perceberam que duas mulheres apresentavam exagerado nervosismo e caíram em contradição ao responder a simples pergunta sobre o motivo de sua viagem a cidade de Guajará-Mirim, já que as duas foram identificados como sendo moradoras da cidade de Belém, Pará.

Ao fazerem uma minuciosa revista nas malas das duas passageiras, logo os policiais desconfiaram que havia fundo falso que carregava algo. Bingo!

No fundo falso de duas malas estavam acondicionados cerca de 13 quilos e meio de cocaína pura de alta qualidade.

As duas presas foram identificadas como Ana P. de M, de 36 anos e Lisvânia da C. P,  47 anos. Elas foram conduzidas para a delegacia da Polícia Civil de Guajará-Mirim onde foram indiciadas por tráfico internacional de drogas.

Agora começa um novo tempo para essas duas aventureiras. O tempo de correr atrás da liberdade perdida para a ganância por dinheiro fácil.

Com informações da Assessoria

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar