Confúcio faz homenagem ao Dia da Educação Ambiental edestaca a importância da preservação

Na quarta-feira (03) ao usar a Tribuna por meio de videoconferência, o senador Confúcio Moura (MDB-RO) disse que a sua intervenção seria para falar a respeito do Dia Nacional da Educação Ambiental e lastimou que seja um assunto tristemente diminuído e não defendido pela classe mandatária do mundo.

O senador enfatizou ainda a importância da inserção da educação ambiental no convívio escolar. Segundo ele, é preciso levar para a escola, para as crianças, esse fundamento respeitoso da preservação do meio ambiente. “A gente fala em meio ambiente e parece que é só floresta. Não, é o clima, é a poluição das cidades, é o esgoto a céu aberto. São esses fatores todos que contribuem para o prejuízo nosso. É um prejuízo à vida”, sublinhou.

O parlamentar lembrou que o tema é uma questão de respeito a todos os sistemas, ao clima, às florestas, ao saneamento, aos rios, à água doce e advertiu para a situação dos rios brasileiros. “Vejo riachos, igarapés, onde morei quando era menino, que hoje não existem mais. Há rios em que a gente passava de canoa e hoje a gente passa a vau, andando de um lado para o outro, nos rios secos. Nós temos matado a natureza”, declarou.

O menosprezo no tratamento do meio ambiente e dos órgãos de fiscalização no país também foi abordado pelo parlamentar. “Aqui no Brasil mesmo – pelas ações do Ibama, que é um órgão que tem trabalhado com técnicos excelentes. Realmente, eles estão protegendo das ocupações, do desmatamento e de outras ações dentro das áreas indígenas, dentro de áreas de preservação ambiental. São, assim, exonerados do cargo. Então, é muita coisa”, pontuou.

COMPARTILHAR

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA